Em formação

Alimentos altamente digeríveis

Alimentos altamente digeríveis


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Alimentos altamente digeríveis, aquelas que não ficam de bruços por horas e horas, estragando nossa tarde ou noite, nos deixando de mau humor ou dificultando o trabalho à tarde. Todo mundo tem suas preferências, cada corpo reage à sua maneira ao que é ingerido, mas existem alimentos altamente digeríveis que são universalmente ou quase recomendados. Vamos ver quais são e quais outros benefícios, além da digestibilidade, têm.

Também existem deuses alimentos altamente digeríveis que acabam sendo tais são se combinados da maneira certa, por isso é bom saber disso antes de pensar no cardápio do dia.

Alimentos altamente digeríveis

Os alimentos altamente digeríveis que funcionam em 99% dos casos são mel, chá, fruta, vinho, puré de batata, peixe. Estamos com sorte porque são todos saborosos e acessíveis. Cada um tem um super poder, o mel é um antiinflamatório natural, usado para acabar com a tosse e desinfetar o trato urinário, bem como para desintoxicar o fígado. O te é outro grande desintoxicante, a fruta é preciosa porque é rica em fibras que purificam o trato intestinal.

Vamos prosseguir para vinho: o tinto, bebido com moderação, evita derrames, aterosclerose e ataque cardíaco, o purê de batata é rico em magnésio, zinco, ferro, cálcio e sódio. O peixe é um dos alimentos altamente digestíveis mais valiosos, porque além de não criar problemas de estômago é fonte de ômega 3, protege a visão e durante a gravidez auxilia no desenvolvimento do feto.

Alimentos altamente digeríveis para bebês

A alimentos altamente digeríveis eles são um assunto muito delicado de se lidar. Claro, você não pode pegar a lista acima e usá-la no mesmo nível, muito pelo contrário! Eu diria que, começando pelo vinho, mas passando também ao purê de batata e ao peixe, é melhor pensar à parte e sobretudo consultar o médico.. Na alimentação infantil e, portanto, também sobre alimentos altamente digeríveis para bebês, existem muitas lendas que podem nos levar a cometer erros.

Pizza de alta digestibilidade

Gostoso, Italiana, nutritiva e saudável, a pizza pode ser difícil de digerir. Quase tudo depende da preparação da massa altamente digerível. Vamos começar a usar o fermento mãe e ter cuidado com o tempo de fermentação ou levedura porque o que ele faz uma pizza não muito digerível é o fato de que pode continuar a fermentar em nossos estômagos durante a noite.

Leite de alta digestibilidade

Existem muitas pessoas que têm dificuldades objetivas para digerir o leite e seus derivados. Mesmo algumas combinações envolvendo leite são pouco digeríveis ou não vencem. Por exemplo grãos inteiros embebidos em leite eles impedem o corpo de assimilar o cálcio presente no leite.

Quanto ao queijo, podemos emparelhar com a carne pelo sabor, mas em termos de digestibilidade não é nada bom. Quando queremos beba leite simples, podemos experimentar aquele que leva a palavra "altamente digestível" mas o resultado não é garantido, depende das condições ambientais e também das razões pelas quais temos dificuldade em digeri-lo.

Sorvete de alta digestão

O sorvete de alta digestão pode apelar como uma ideia, mas na verdade, é difícil de identificar. Na embalagem, se virmos a escrita assim, é melhor investigarmos em que sentido. Em vez disso sorvete derretido, esse rótulo pode significar tudo e nada. Melhor nos informar sobre ingredientes que a nossa sorveteira usa, muitas vezes na verdade a zero km, orgânicos, bons. E nem é preciso dizer que eles tornam o sorvete mais saudável e mais digerível.

Alta digestibilidade: receitas

O receitas preparadas com alimentos altamente digeríveis são eles que sabem como combiná-los bem. Alguns alimentos altamente digeríveis que não se dão bem podem permanecer em nosso estômago por horas e horas.

Vamos ver como podemos preparar deuses saborosos pratos de digestão. Se quisermos um segundo prato de carne, vamos combiná-lo com vegetais ou batatas, queijo também está bem com vegetais, ou o pão e a abóbora. Passando para as leguminosas, elas combinam muito bem como com vegetais, até com cereais.

Estar peixes, ambos os ovos, com legumes e batatas formam uma composição mágica e saudável. Se quisermos algumas ideias, encontramos muitas no livro também disponível na Amazon “Low Fodmap. Dicas e receitas de alta digestão e que fazem bem ao intestino ", escritas por Lorenza Dadduzio, Michela Mancarelli e Mario Bautista.

Se você gostou deste artigo continue me seguindo também no Twitter, Facebook, Google+, Instagram

Você também pode estar interessado em:

  • Panela de pressão: uso e benefícios
  • Como ajudar na digestão
  • Digestão anaeróbica


Vídeo: TRATAMENTO (Novembro 2022).